PortugalGay.pt Pocket!
Índice Notícias
PORTUGAL: Natasha Semmynova / Vítor Fernandes 1980 - 1921
Qua, 16 Jun 2021

PORTUGAL: Natasha Semmynova / Vítor Fernandes 1980 - 1921
Texto do Editor PortugalGay.pt, João Paulo, após Natasha/Vitor ter perdido a luta contra o cancro de pulmão

Assim fica meio que mais fácil expressar a minha dor, assim não me vêm chorar, nem a libertar ar para descomprimir, para evitar de embargar a voz.

Perguntava-me o P3 do Jornal Público, desde quando conhecia o Vitor Fernandes, a Natasha Semmynova, respondi desde os tempos áureos do Boys’R’Us, quando iniciamos a nossa amizade, mas desde o Moinho de Vento quando a Semmynova era parte dos “Glam” com o Ricardo Madona, o Marquinhos e mais um bailarino que não recordo o nome, que te conhecia, e sei meu anjo que foi amor à primeira vista, tu entre outras passaste a fazer parte das minhas utopias, que como alguém disse recentemente, as utopias não são impossíveis, só ainda não foram realizadas, e contigo meu anjo, a partir de hoje passou a ser impossível, se calhar, nunca saberemos, porque não me deste tu ouvidos.

- Ouve lá, já faz mais de uma semana que estás com essa tosse de cão, já foste ver o que isso é?

- Esta casa é muito fria!

E assim ficaste, estava eu a dar-te uma máscara para o COVID cheia de lantejoulas, disse-te eu para quando voltasses ao show, crente de que logo, logo, estarias de frente para as luzes de novo.

Muito antes disso em 2010 quando casei fiz-te um convite:

- Gostava primeiro de te convidar para o nosso casamento, mas gostava também que, se fosse possível, trouxesses a Semmynova para ela cantar “Fácil de Entender”, pode ser?

Não recusaste e todos amaram, hoje mesmo na tua partida, algumas dessas pessoas fizeram questão de te recordar, porque te viram, porque te ouviram no nosso casamento.

Ainda mais tarde, lá atrás, deves recordar, tu e o resto do Glam, era o 2º Porto Pride o primeiro no Teatro Sá da Bandeira, por causa das picardias tu e o Ricardo Madonna, aguardavam no Moinho que o Marquinhos e o seu amigo bailarino chegassem da Póvoa do Varzim, para virem atuar. Anos depois foste rainha, a Márcia Sousa trouxe-te de moto palco dentro, e a música “Umbrella” contigo tinha outro brilho, quilos de purpurina mais concretamente.

Mais recente, que orgulho meu amigo, irrompeste pelo palco do “The Voice Portugal” na pele do teu alter ego, Natasha Semmynova, e arrebataste o júri. Hoje ao telefone com a Marisa Liz, ficamos os dois de voz embargada, quando ela pediu que transmitisse os seus sentimentos á família e amigos, foi ela que disse não eu, a admiração que tinha por ti e pela “bofetada de luva branca” que deste com a tua irreverência.

Hoje esses palcos estão mais povoados de artistas como tu, exemplo entre outros de Naomy Beauty que no “Portugal Tem Talento” arrebataram até o Manel.

Sabes qual é o grande problema de pessoas como tu?

3. pág. seguinte...

PortugalGay.pt (Portugal)

PortugalGay.pt Pocket!   @
©2000-2021 Todos os direitos reservados PortugalGay®.pt